10ª Rodada de Licitações (2008)

Foi realizada no dia 18 de dezembro de 2008 a 10ª Rodada de Licitações de Blocos para Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural.  Atendendo aos anseios do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), que autorizou essa licitação através da Resolução nº 10/2008, foram ofertados 130 blocos em 8 setores de 7 bacias sedimentares: Amazonas, Parecis, Potiguar, Recôncavo, Sergipe-Alagoas, São Francisco e Paraná.

 

Das áreas inicialmente planejadas para serem ofertadas, deixaram de ser incluídos 32 blocos das bacias de Araripe, Pernambuco-Paraíba e Paraná por razões técnico-ambientais.

 

A 10ª Rodada de Licitações atendeu aos interesses do Governo Federal em realizá-la fora da área do pré-sal em áreas terrestres nas bacias de novas fronteiras exploratórias e bacias maduras, com os objetivos de promover o conhecimento das bacias sedimentares, desenvolver a pequena indústria petrolífera, fixar empresas nacionais e estrangeiras no País e estimular a interiorização geográfica da indústria petrolífera, dando continuidade à demanda por bens e serviços locais, à geração de empregos e à distribuição de renda.

 

Nessa licitação, 40 grupos econômicos foram habilitados a participar, dos quais 17 saíram vencedores – 11 brasileiros e 6 estrangeiros. Foram arrematados 54 blocos numa área total de 48 mil km², extensão territorial que corresponde a 68% dos 70 mil km² ofertados nesta rodada.

 

A 10ª Rodada de Licitações movimentou cerca de R$ 700 milhões, dos quais R$ 89,4 milhões em arrecadação de bônus de assinatura para a União e R$ 611 milhões de investimentos mínimos previstos para a exploração. O valor superou as expectativas para uma rodada sem oferta de blocos marítimos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

© Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis - 2015