7ª Rodada de Licitações (2005)

A Sétima Rodada de Licitações foi realizada nos dias 17, 18 e 19 de outubro de 2005, com um total de 194.739 km² arrematados distribuídos da seguinte forma:

 

251 Blocos com Risco Exploratório (194.651 km²)

- 186.916 km² em terra

- 3.066 km² em águas rasas

- 4.669 km² em águas profundas

 

16 Áreas Inativas com Acumulações Marginais

- 88 km² em terra

 

Foram arrematados 251 dos 1.134 blocos com risco exploratório ofertados, e 16 das 17 áreas com acumulações marginais.

 

 

Das 116 empresas habilitadas, 85 apresentaram ofertas isoladamente ou em consórcio, sendo que 41 tiveram êxito e assinarão os Contratos de Concessão decorrentes.

 

O total de Bônus de Assinatura arrecadado foi quase um bilhão e oitenta e nove milhões de reais (R$ 1.088.848.604,00), sendo quase um bilhão e oitenta e seis milhões de reais (R$ 1.085.802.800,00) nos Blocos com Risco Exploratório e três milhões de reais (R$ 3.045.804,00) nas Áreas Inativas com Acumulações Marginais.

 

O Programa Exploratório Mínimo para os Blocos com Risco Exploratório, totalizou 195.741 Unidades de Trabalho; podendo-se estimar cerca de um bilhão e oitocentos milhões de reais (R$ 1.797.411.000,00) de investimentos mínimos na fase de Exploração, nos próximos seis anos.

 

O Programa de Trabalho Inicial aplicado às Áreas Inativas com Acumulações Marginais foi de 6.182 Unidades de Trabalho, que nos permite imputar investimentos mínimos para a atividade de Avaliação de quase 62 milhões de reais (R$ 61.820.000,00), nos próximos dois anos.

 

A ANP agradece a todas as empresas participantes e parabeniza as vencedoras.

 

 

 

 

 

 

 

 

© Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis - 2015